Falências e concordatas diminuem em janeiro, aponta Serasa

O volume de falências e concordatas no País manteve a tendência verificada em 2004 e iniciou 2005 em queda. De acordo com estudo divulgado nesta sexta-feira pela Serasa, foram decretadas 194 falências no primeiro mês do ano, ante 211 eventos em janeiro do ano passado, o que representou declínio de 8,1%. Os requerimentos também apresentaram baixa, de 3,4%, com 792 falências requeridas no mês passado, ante 820 no mesmo período de 2004.As concordatas tiveram o mesmo comportamento. O levantamento da Serasa mostra que foram requeridas, em janeiro deste ano, 35 eventos, o que representou diminuição de 16,7% ante o mesmo mês de 2004, com 42 concordatas requeridas. As deferidas totalizaram 26 eventos no mês passado, ante 32 deferimentos no primeiro mês de 2004, com redução de 18,8%.Segundo os técnicos da Serasa, em janeiro, tradicionalmente ocorre uma queda nos indicadores de falências e concordatas, em virtude do recesso da Justiça. No entanto, dizem os analistas, a queda verificada em 2005 é "significativamente maior", num reflexo da realidade econômica do País, na medida em que a redução do desemprego, o aumento da massa de salários e o aquecimento dos negócios em vários setores teriam dado às empresas uma condição financeira mais favorável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.