Falso e-mail do Banco Itaú circula pela internet

Mais um e-mail falso circula pela Internet. Desta vez, as vítimas são os clientes do Banco Itaú. Na falsa mensagem, a instituição solicita ao cliente que envie seus dados cadastrais imediatamente, justamente para que a conta seja cadastrada no sistema anti-fraude. O falso e-mail traz como assunto o texto ?Mensagem do Itaú para você?. A mensagem diz que ?foi determinado através do sistema voltado à segurança de transações online do Brasil, é expresso que todos os clientes do Banco Itaú deverão repassar seus dados bancários imediatamente para que sua conta entre no mais novo sistema anti-fraude no sistema de internet banking?. Procurada pela reportagem da Agência Estado, o Banco Itaú, por meio de sua Assessoria de Imprensa, esclareceu que a mensagem é falsa. Em nota, a instituição afirma que ?eventuais fraudes em contas dos clientes ocorrem fora do ambiente do Banco e só acontecem porque, de forma fraudulenta, terceiros, através de artifícios escusos/enganosos acabam tendo acesso aos dados sensíveis de clientes, sem qualquer participação do Banco?. Diz ainda a nota que ocorrem casos de clientes que recebem e-mails que os convidam a acessar sites com características semelhantes as do site do Banco. ?São sites falsos, que apresentam campos para digitação de informações sensíveis. Através deles, os estelionatários capturam essas informações e passam a ter acesso às contas dos clientes. Assim são cometidas as chamadas fraudes eletrônicas?, esclarece a nota. A instituição afirma também que os e-mails do Banco não contêm arquivos anexados. Quando apresentam links, eles remetem o cliente para uma página do Banco que sempre apresenta o nome dele, antes de mostrar ou solicitar qualquer informação. A nota do banco Itaú solicita que os cliente do Banco, bem como os demais usuários da Internet, devem informar o Banco, caso venham a receber os falsos e-mails.

Agencia Estado,

09 Março 2004 | 12h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.