Falta de acordo provoca queda de 3,13% em Taiwan

A falta de acordo para a compra da Hynix pela Micron, que provocou fortes vendas de papéis de alta tecnologia, e a realização de lucros depois dos recentes ganhos fez cair em 3,13% o índice da bolsa taiuanesa no último pregão da semana. A baixa de 0,92% do índice Nikkei 225, que registrou a quarta queda consecutiva, foi causada pelas ações de telecomunicações. A notícia de que a DoCoMo, terceira maior operadora de telefones celulares conquistou um terço a menos de novos clientes no últimos mês provocou desconfiança no mercado. Em Seul, o índice Kospi caiu 0,12% com a contínua realização de lucros. Já o mercado filipino teve alta (+0,18%), superando a pressão de vendas, graças à grande demanda pelos bônus globais do país. Segundo analistas, a procura pelo título indica a confiança do mercado internacional nas Filipinas. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -0,36%; Indonésia: +2,84%; Malásia: -0,32%; Tailândia: +0,48% e Cingapura: -0,19%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.