coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Falta de água em reservatórios derruba ações da Sabesp

Estatal responsável pelo abastecimento já perdeu mais de 30% em valor de mercado no Ibovespa em um ano por causa da falta de chuvas

Beth Moreira, da Agência Estado,

13 de março de 2014 | 11h34

SÃO PAULO - A falta de água nos reservatórios está abalando a cotação das ações da Companhia Paulista de Saneamento Básico (Sabesp), estatal responsável pelo abastecimento de água e esgoto no Estado de São Paulo.

Em um ano, a queda das ações da empresa já chega a 30,7%. Só em 2014 a queda já chega a 20,7%, e nos últimos 30 dias a desvalorização foi de 5,6%.

As ações da Sabesp registraram queda de 1,14% na manhã desta quinta-feira, 13, após as notícias sobre a contenção do fornecimento. As ações caíram para R$ 20,84, enquanto o Ibovespa avançava 0,22%.

Os operadores do mercado comentam reportagem do Estado, de que a Sabesp deve anunciar hoje que as cidades permissionárias do Sistema Cantareira - aquelas que compram água da empresa no atacado - receberão a partir desta quinta-feira menos água e terão que encontrar saídas próprias para evitar o racionamento.

O índice que mede o volume de água armazenado no Sistema Cantareira registrou novo recorde negativo nesta quinta-feira, atingindo apenas 15,6% da capacidade total dos seus reservatórios.

Confira a queda da Sabesp em 12 meses no gráfico da Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado:

Tudo o que sabemos sobre:
Sabesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.