Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Falta de chuva prejudica safra no Paraná

O Paraná já contabiliza R$ 1,4 bilhão de prejuízo com a quebra de safra de grãos deste ano provocada pela estiagem, que atinge principalmente as regiões oeste e sudoeste. Segundo estimativa do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura, houve perda de 3,8 milhões de toneladas, o que representa 17,4% da safra prevista de grãos, que era de21,85 milhões de toneladas. As lavouras mais prejudicadas são a de milho e a de soja.As chuvas, que desde o final da semana passada têm caído esporadicamente sobre as regiões mais prejudicadas, chegaram tarde e em volume insuficiente para reverter a situação, que, reconheceu o vice-governador e secretário de Agricultura, Orlando Pessuti, poderá se agravar ainda mais, já que a meteorologia não prevê chuvas abundantes em curto prazo.MedidasPessuti informou que o governo do Paraná deverá anunciar um pacote de medidas para atender os agricultores prejudicados. Uma delas será o fornecimento gratuito de sementes para pequenos e médios produtores que acumulam perdas pelo segundo ano consecutivo.O milho, a lavoura mais prejudicada, apresenta até o momento quebra de 22,2% da área plantada. A produção de soja, estimada em 9,35 milhões de toneladas, não deverá ultrapassar 7,28 milhões de toneladas. O município mais atingido é Francisco Beltrão, no sudoeste, onde as perdas ultrapassam 60% da área plantada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.