MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO
MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO

Falta de combustível reduz frota de ônibus no Rio a partir desta quarta

Por conta da greve dos caminhoneiros, que provocou a  redução da reserva de combustível das empresas de ônibus, haverá  menos coletivos em circulação pelas ruas do Rio nesta quarta-feira

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

23 Maio 2018 | 00h07

RIO - Por conta da greve dos caminhoneiros, que provocou a  redução da reserva de combustível das empresas de ônibus, haverá menos coletivos em circulação pelas ruas do Rio nesta quarta-feira, 23. Em função disso, o Metrô reforçou as equipes em suas 41 estações e prevê receber um número de passageiros maior do que o habitual.

+ Governo vai zerar Cide para reduzir preço do diesel, mas protestos devem continuar

+ Veja como foi o segundo dia de protesto dos caminhoneiros

Em nota, a Secretaria Municipal de Transportes afirmou ter sido avisada pelos consórcios de ônibus que não estão recebendo diesel nas garagens, devido à greve dos caminhoneiros. Os consórcios pediram que a prefeitura  reforce aos órgãos de segurança pública a necessidade de escolta de carretas de combustível até as garagens. Pediram também autorização para reduzir a frota nas ruas, até que a situação seja normalizada.

+ O que motivou os protestos? O que os caminhoneiros querem? Entenda

A Prefeitura do Rio recomenda que os deslocamentos sejam feitos prioritariamente por metrô, trem e VLT. A secretaria de Transportes solicitou às concessionárias desses outros meios de transporte coletivo que reforcem suas frotas para absorver o possível aumento da demanda de usuários. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio vai monitorar os impactos causados pela greve dos caminhoneiros no transporte coletivo do Rio.

Os caminhoneiros já estão no 3º dia de protestos contra o preço do diesel, que nos últimos 12 meses, subiu 15,9% no posto. O anúncio dos protestos foi feito na sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.