Falta gás natural para investimentos na indústria, diz CNI

Conselho elogiou projeto que criaria concessões para construção de gasodutos

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 16h49

O presidente do Conselho de Infra-Estrutura da Confederação Nacional da Indústria (CNI), José Freitas Mascarenhas, alertou nesta quarta-feira, 13, que já está faltando gás natural para novos investimentos na indústria. Ele deu entrevista coletiva ao final do seminário "Gás Natural: Marco Regulatório e Atração de Investimentos", promovido pela CNI.Mascarenhas elogiou os termos do relatório do projeto de lei do gás, de autoria do deputado João Maia (PR-RN), que será discutido na quinta, em reunião fechada dos titulares da comissão especial da Câmara criada para analisar a proposta. Ele avaliou como positivo o ponto do projeto que cria o regime de concessões para a construção de novos gasodutos. "Temos que abrir um pouco o mercado", disse, ressaltando que a Petrobras, defensora do regime de autorizações, não tem porque se preocupar com essa abertura, uma vez que ela já tem uma posição dominante no setor.

Mais conteúdo sobre:
gasfalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.