Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Família Bancroft aceita oferta da News Corp por Dow Jones

A Dow Jones é proprietária do jornal "The Wall Street Journal", da revista financeira "Barron's", da "MarketWatch.com" e das divisões financeiras de mesmo nome

EFE

31 de julho de 2007 | 11h57

A família Bancroft, que controla 64% do direito a voto das ações do Dow Jones, aceitou a oferta de compra da News Corporation por US$ 5 bilhões, informou hoje a rede local "CNBC".   Segundo a emissora, o acordo definitivo pode ser assinado esta noite, após fechar os detalhes relacionados com as comissões que os membros da família Bancroft devem pagar para serem assessorados na complexa questão da transferência da propriedade de suas ações.   Os títulos preferenciais dos Bancroft estão reunidos em uma série de fideicomissos de complexa estrutura, o que faz com que as assessorias sejam muito caras, próximas a US$ 30 milhões.   De acordo com o comentarista David Faber da "CNBC", embora alguns membros da família Bancroft sejam opostos à venda, eles se deram conta que se rejeitassem a oferta deveriam assumir o custo destas milionárias assessorias.   Segundo Faber, o valor a pagar pelas assessorias e alguns detalhes legais seriam as únicas questões que estariam pendentes, mas se espera que sejam resolvidos antes da assinatura do acordo definitivo, provavelmente esta noite.   Em resposta aos relatos da imprensa, que ainda não foram confirmados oficialmente nem pela Dow Jones nem pela News Corporation, conglomerado de comunicação do magnata Rupert Murdoch, as ações da Dow Jones subiam 11,52%, a US$ 57,5, na bolsa de Nova York.   A Dow Jones é proprietária do jornal "The Wall Street Journal", da revista financeira "Barron's", da "MarketWatch.com" e das divisões financeiras de mesmo nome.   A News Corporation é um conglomerado de comunicação que inclui a "Twentieth Century Fox", a rede "Fox" de televisão, o portal "MySpace" e dezenas de jornais de Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.   No dia 1º de maio, a News Corporation lançou a oferta de US$ 5 bilhões pela Dow Jones, na qual avaliava suas ações a US$ 60 por título, 65% a mais que no fechamento do dia anterior.   Há meses Murdoch tentava adquirir uma divisão financeira consolidada, a fim de servir tanto aos veículos que possui como ao canal de economia que lançará em 15 de outubro.   Esta nova rede, a "Fox Business Network", será a principal concorrente de "CNBC", rede de propriedade de "NBC", que pertence à General Electric.

Tudo o que sabemos sobre:
NegóciosDow JonesBancroft

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.