FAO critica imposição de tarifas sobre alimentos

O diretor da Organização das Nações Unidas (ONU) para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês), Jacques Diouf, fez hoje um apelo para que os países compartilhem seus recursos para estimular a produção de alimentos e não imponham tarifas restritivas, segundo o jornal Daily Nation. Ele pediu que os países com recursos de terra e hídricos se juntem aos que possuem recursos tecnológicos, financeiros e de gerenciamento para dobrar a produção global de alimentos."Dessa forma evitaremos o que aconteceu recentemente, quando alguns países adotaram medidas restritivas para evitar preços mais altos no mercado interno e satisfazer seus cidadãos", disse o jornal, citando o diretor. Ainda de acordo com o jornal, a comunidade internacional se comprometeu a destinar o equivalente a US$ 11,5 bilhões de dólares para encerrar a crise dos alimentos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.