Farmacêuticas lideram queda de bolsas europeias

O principal índice de ações europeias fechou em queda nesta segunda-feira, afetado pelo revés das farmacêuticas Actelion e AstraZeneca em testes de medicamentos.

REUTERS

27 de setembro de 2010 | 13h23

O pregão teve volume reduzido, com o mercado à espera de indicadores macroeconômicos no restante da semana.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,4 por cento, para 1.073 pontos.

"Nós tivemos uma pausa para respirar hoje. Parece que acabou um pouco do gás do mercado", disse Joshua Raymond, estrategista de mercados do City Index.

A maior empresa de biotecnologia da Europa, a Actelion, caiu 8 por cento após o medicamento clazosentan ser reprovado no estágio final de estudos, diminuindo as chances de que chegue ao mercado. A AstraZeneca recuou 1,5 por cento depois de também fracassar em testes com a pílula zibotentan.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,45 por cento, a 5.573 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,31 por cento, para 6.278 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,43 por cento, para 3.766 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou com variação negativa de 0,07 por cento, a 20.593 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 1,07 por cento, para 10.613 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 0,38 por cento, a 7.472 pontos.

(Reportagem de Simon Jessop e Harpreet Bhal)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.