FAT emprestou R$ 22 bi à economia do País este ano

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) autorizou ao longo de 2007 a injeção de R$ 22 bilhões do fundo, formado pelas contribuições de empresas aos programas PIS/Pasep, na economia brasileira. Esses recursos foram destinados por meio dos vários programas e linhas de financiamentos operados com dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) que são emprestados a micro e pequenas empresas, profissionais liberais, agricultura familiar e montagem de cursos de qualificação profissional aos trabalhadores. O vice-presidente do Codefat, Ezequiel Nascimento, informou que na reunião de hoje, a última do ano do conselho, foi feito um balanço positivo das ações financiadas pelos recursos.Além de fazer o balanço, o Codefat também aprovou alterações nas regras para concessão de seguro-desemprego para pescadores artesanais. As mudanças facilitam a liberação das parcelas do benefício nos momentos em que a atividade de pesca é proibida por questões ambientais ou há catástrofes naturais que inviabilizam temporariamente a pesca. O Codefat é formado por representantes dos trabalhadores, dos empresários e do governo e voltará a se reunir no dia 30 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.