Fator recomenda compra de PQU

A Fator Doria Atherino Corretora tem recomendação de compra para as ações da Petroquímica União (PQU), com preço-alvo de R$ 7,91 por lote de mil papéis (para prazo não-divulgado). Em relatório do último dia 8 de agosto, os analistas Fernando Oliveira e Marcos Brandão afirmam que o lucro da companhia no segundo trimestre deste ano, de R$ 40,4 milhões, correspondeu às suas estimativas, de R$ 39,4 milhões. O resultado deve-se basicamente a menores despesas financeiras no período e provisão para impostos abaixo do esperado. O lucro da atividade, de R$ 61,8 milhões, ficou 15,4% abaixo das expectativas, como efeito da margem bruta também abaixo do esperado. Os analistas dizem que as ações da empresa têm baixo volume de negócios, o que limita oportunidades de investimento, e chamam atenção para os números do balanço da PQU, que ainda estão bastante descontados em relação à média do setor. Os analistas dizem que as vendas da PQU no segundo trimestre deste ano ficaram 1,5% acima das expectativas deles. A empresa vendeu 378,9 mil toneladas de produtos petroquímicos. O aumento de 5,3% nas vendas em relação a 99 foi um fator que contribuiu para amenizar e diluir os efeitos do aumento do preço da nafta ao longo do segundo semestre de 99 e do primeiro semestre de 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.