Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Faturamento da indústria de máquinas cresce 1,5% em setembro ante agosto

Em comparação com setembro de 2010, o aumento foi de 11,5%; no acumulado do ano, faturamento cresce 10,2%

Wladimir D'Andrade, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 13h51

O faturamento bruto mensal da indústria de máquinas e equipamentos cresceu 1,5% em setembro ante agosto, o que significa R$ 7,33 bilhões. Em comparação com setembro de 2010, o aumento foi de 11,5% e, no acumulado dos nove primeiros meses de 2011, o faturamento aumentou 10,2% sobre o mesmo período do ano passado e soma R$ 60,2 bilhões.

O aumento do faturamento bruto do acumulado do ano em comparação com o mesmo período do ano passado foi impulsionado pelas máquinas agrícolas, que apresentaram variação de 26,7%, bens sob encomenda com aumento de 10% e outras máquinas com crescimento de 8,4%. Esses três setores representam no faturamento total da indústria de máquinas e equipamentos, respectivamente, 12,31%, 16,96% e 56,88%.

As exportações de setembro somaram US$ 1,121 bilhão, o que representa queda de 8,9% em relação a agosto, porém crescimento de 37,2% em relação a setembro de 2010. No acumulado de janeiro a setembro, o faturamento das exportações soma US$ 8,618 bilhões, ou 32,9% a mais sobre o mesmo período de 2010. Já as importações somaram US$ 2,353 bilhões, o que indica queda de 23,8% ante agosto e de 11,7% sobre setembro de 2010. No entanto, no acumulado do ano, as importações registram alta de 20,7% sobre os nove meses de 2010, somando US$ 21,986 bilhões. No total, a balança comercial registra em 2011 déficit de US$ 13,368 bilhões e, segundo a Abimaq, o ano deve terminar com variação negativa de US$ 18,7 bilhões na balança comercial.

O nível de utilização da capacidade instalada ficou em setembro em 82,1% ante 83,1% verificado no mês anterior.

 
Tudo o que sabemos sobre:
indústriamáquinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.