Faturamento das micro e pequenas sobe 0,6%

O faturamento das micro e pequenas empresas registrou alta de 0,6% em setembro em relação a agosto, mas no acumulado do ano a queda chega a 13,8% e, em 12 meses, o recuo é de 17,5%. Segundo o Sebrae, o alta de setembro é reflexo da produção para abastecer as lojas para as vendas de final de ano.O destaque da pesquisa, feita com 2,7 mil micro e pequenas empresas, foi o setor industrial, que teve um faturamento 3,4% maior em setembro na comparação com o mês anterior. O setor de serviços também apresentou alta de 2,7%. No acumulado de 12 meses o faturamento da indústria caiu 10,3% e o de serviços, -19,1%. Para o gerente de pesquisas econômicas da entidade, Marco Aurélio Bedê, entre os fatores que influenciaram nesse resultado estão as elevadas taxas de juros.Segundo ele, a recuperação tímida da economia ajudou a definir o quadro de estabilidade do pessoal ocupado que, em setembro, caiu 1% em relação ao mês anterior. No acumulado do ano a queda foi de 2,2% e, em 12 meses, variação negativa de 1,7%. O economista destaca que as pequenas empresas ainda não iniciaram as contratações consideradas normais para o período.Para o último trimestre do ano, ele projeta uma ligeira recuperação do consumo doméstico, em razão da lenta retomada da renda, da entrada do 13º salário e do efeito da redução dos juros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.