Faturamento de eletroeletrônicos sobe 18% no semestre

A indústria eletroeletrônica registrou um crescimento de 18% no faturamento das principais fabricantes no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Esse crescimento foi puxado pelos setores de utilidades domésticas (alta de 42%), equipamentos industriais (29%), componentes (27%) e material de instalação (24%).

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

23 de agosto de 2010 | 14h31

Para todo o ano de 2010, a entidade revisou de 12% para 14% a estimativa de crescimento do faturamento, que poderá somar R$ 128 bilhões. Segundo a Abinee, a revisão foi motivada pelo desempenho no primeiro semestre dos segmentos de componentes eletrônicos, GTD (geração, transmissão e distribuição) de energia e utilidades domésticas.

No segundo trimestre, o faturamento do setor cresceu 19% e no primeiro trimestre, 17%, ambos em relação aos respectivos períodos de 2009.

No primeiro semestre o déficit da balança comercial do setor subiu de US$ 7,05 bilhões para US$ 12,12 bilhões. No período, as exportações avançaram 5%, enquanto as importações cresceram 50%.

O total de empregados no setor em junho era de 171,4 mil trabalhadores, o que representa o maior nível desde dezembro de 1995.

Tudo o que sabemos sobre:
eletroeletrônicosfaturamentoAbinee

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.