Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Faturamento do comércio cresce 2,76% em SP em março

O faturamento do comércio varejista cresceu 2,76% em termos reais na Região Metropolitana de São Paulo no mês de março comparativamente ao mesmo período do ano passado. A constatação vem da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV) da Fecomercio. De janeiro a março a pesquisa apurou um crescimento de 4,35% no faturamento do setor.Para a Assessoria econômica da Fecomercio, parte do crescimento no período pode ser explicado por um fator estatístico, já que a base de comparação em janeiro e fevereiro do ano passado era baixa. Contudo, a entidade afirma já ver o resultado do mês passado como o início de um processo de recuperação sustentado do setor.A taxa de março, quando comparada com janeiro e fevereiro deste ano, de 4,83% e 5,52%, respectivamente, mostra-se menor. Segundo os economistas da Fecomercio, a elevação menor em março deve-se, justamente, pela base um pouco maior de igual mês do ano passado.ExpectativaA expectativa da Fecomercio-SP é que o faturamento real do setor deverá se manter elevado no decorrer de todo o primeiro semestre para fechar o ano em torno de 3%. "Apesar da alta do desemprego e da perspectiva de aumento reduzido do salário mínimo, mantemos a previsão de que o setor registre expansão em torno de 3% em 2004, comparada com o resultado do ano passado", afirma o presidente da Fecomercio, Abram Szajman.Segundo ele, embora o desempenho previsto para 2004 seja positivo, ele não será suficiente para recuperar as perdas que o comércio acumulou nos últimos anos.

Agencia Estado,

29 de abril de 2004 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.