Faturamento do varejo deve crescer 7,4% em setembro

No acumulado de janeiro a setembro em relação ao mesmo intervalo de 2009, o faturamento real das vendas deverá registrar um crescimento de 6,7%,  segundo o Instituto para Desenvolvimento do Varejo

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

21 de setembro de 2010 | 13h07

O faturamento real, descontada a inflação, do varejo deve crescer 7,4% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo o Índice Antecedente de Vendas (IAV) divulgado hoje pelo Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). "O aquecimento do mercado já deve ser notado em setembro... As boas condições do mercado de trabalho com contratações recordes continuam favorecendo o crescimento da renda", afirmou o IDV em comunicado.

No acumulado de janeiro a setembro em relação ao mesmo intervalo de 2009, o faturamento real das vendas deverá registrar um crescimento de 6,7%, conforme a expectativa do IDV. O segmento de bens duráveis é o que se mostra mais otimista em relação aos próximos meses, com uma estimativa de crescimento médio mensal entre setembro a novembro de 13%.

Segundo o IDV, as previsões das 35 varejistas consultadas sinalizam a continuação da tendência de crescimento puxado por produtos das linhas de informática, telefonia, material de construção, imóveis e eletrodomésticos. O IDV representa redes como Grupo Pão de Açúcar, Walmart, Magazine Luiza, Carrefour, Lojas Renner, Livraria Cultura, Riachuelo e Leroy Merlin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.