Fazenda e Previdência publicam portaria sobre reajuste para aposentados

Assim como o salário mínimo, o piso para o benefício é de R$ 510; teto pago pelo INSS passa a R$ 3.416,54

Rosana de Cassia, da Agência Estado,

31 de dezembro de 2009 | 11h31

Os ministérios da Fazenda e da Previdência Social publicaram hoje, no Diário Oficial da União, portaria interministerial com o reajuste dos benefícios para aposentados e pensionistas, a partir de amanhã, 1º de janeiro, com base na medida provisória editada no último dia 23.

 

VEJA TAMBÉM:
Lula assina MP que aumenta salário mínimo para R$ 510

O valor mínimo do benefício é de R$ 510, igual valor do salário mínimo.

 

Acima disso, os benefícios foram reajustados em 6,14%. Segundo o Ministério da Previdência, o reajuste dos benefícios acima do valor de um salário mínimo vai atingir 8,359 milhões de pessoas e representará despesa adicional estimada em R$ 6,701 bilhões.

 

Com a correção dos benefícios, o novo teto pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), passa para R$ 3.416,54.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.