Fazenda e Receita se unem para cobrar grandes dívidas

Os procuradores da Fazenda Nacional vão atuar junto com os fiscais da Receita Federal para endurecer a cobrança de dívidas acima de R$ 10 milhões. Portaria conjunta publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União assegura à Procuradoria da Fazenda a possibilidade de recorrer à Receita para localizar bens dos devedores e também identificar ?laranjas? e empresas de fachada.Os pedidos dos procuradores serão atendidos prioritariamente. ?Vamos apertar o cerco contra grandes devedores inscritos em dívida ativa da união?, disse o procurador-geral da Fazenda Nacional, Manoel Felipe Rêgo Brandão. Os procuradores têm a atribuição de cobrar as dívidas de contribuintes que já foram ajuizadas. Essa dívida soma cerca de R$ 220 bilhões. Segundo Rego Brandão, ?um pouco menos de 10% dos devedores devem aproximadamente 90% da dívida?.

Agencia Estado,

06 de julho de 2004 | 20h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.