Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Fazenda lança piloto de boletim para captar projeções da área fiscal

Inicialmente, serão coletadas projeções para cinco indicadores do governo federal: arrecadação, receita líquida, despesa total, resultado primário e dívida bruta

Célia Froufe, Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 14h56

O Ministério da Fazenda lança nesta sexta-feira, 16, em seu site o projeto-piloto do Prisma Fiscal, uma espécie de Boletim Focus do Banco Central, só que voltado especificamente às previsões dos agentes econômicos para as contas públicas. A partir de agora, os interessados já poderão se cadastrar no site. A primeira divulgação ainda não tem data certa para ocorrer, mas está prevista para meados de dezembro de 2015. O lançamento do novo boletim foi antecipado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, em junho.

A alimentação das projeções do mercado deve ser feita até o quinto dia útil de cada mês. A divulgação das previsões será mensal. A metodologia, de acordo com o Ministério da Fazenda, é idêntica ao do Relatório de Mercado Focus, do BC. A divulgação do piloto se dá justamente em um momento em que o governo luta para conseguir deixar as contas públicas no azul.

O Prisma Fiscal funcionará em fase inicial de teste para que as instituições possam conhecer o sistema e enviar suas projeções e, assim, permitir eventuais ajustes operacionais. Inicialmente, serão coletadas projeções para cinco indicadores: arrecadação federal, receita líquida do governo central, despesa total do governo central, resultado primário do governo central e dívida bruta do governo geral.

"O Prisma Fiscal é um sistema de coleta de expectativas de mercado para acompanhar a evolução das principais variáveis fiscais brasileiras. Ele oferece uma oportunidade para o aprimoramento dos estudos fiscais no País, além de facilitar o controle social a partir de uma ancoragem das expectativas quanto ao desempenho de importantes variáveis fiscais brasileiras", descreve o site da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda.

A SPE explicou que, além do relatório, também será divulgado um ranking das instituições participantes que tiveram maior êxito na elaboração de previsões mais próximas aos resultados realizados. Essa lista também é semelhante à que o BC faz, denominada de Top 5, com as cinco instituições cujas projeções para as variáveis mais se assemelham com o dado efetivo posterior.

"O levantamento das expectativas de mercado para algumas variáveis fiscais já é feito pelo Banco Central no Relatório Focus e por algumas agências de notícias. O Prisma Fiscal busca aproveitar essa experiência e promover o aprimoramento das projeções e expectativas fiscais, além de incentivar os agentes a agregar mais variáveis aos seus modelos", explicou a SPE.

Mais conteúdo sobre:
Fazendaboletimprojeções

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.