Fazenda mantém benefício fiscal para motos até março

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje a prorrogação até 31 de março de 2010 da desoneração da Cofins para motocicletas com até 150 cilindradas. A alíquota antes do benefício era de 3% e foi zerada, com repasse integral ao consumidor. No início do anúncio, Mantega se confundiu e anunciou erroneamente que estava mantendo a alíquota de PIS zerada e não a da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social). O ministro afirmou que o acordo para a manutenção dos empregos na indústria de motos também foi prorrogado até 31 de março. De acordo com o ministro, a renúncia fiscal do governo com essa medida será de R$ 54 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.