FCA anuncia investimento para estimular plantio em MG

Parceria inclui participação do governo mineiro, clientes e exportadores e deverá atingir R$ 300 milhões

Raquel Massote, da Agência Estado,

14 de maio de 2008 | 18h38

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) anunciou hoje no Palácio da Liberdade um projeto para criar um corredor exportador de grãos a partir da região noroeste de Minas até o porto de Vitória (ES). A parceria inclui a participação do governo mineiro, clientes e exportadores e deverá atingir um volume total de R$ 300 milhões. O objetivo é ampliar a capacidade atual de transporte de grãos da região por via ferroviária, hoje da ordem de 400 mil toneladas anuais, para 2,6 milhões de toneladas/ano até 2013. Segundo informou o diretor-presidente da FCA, Marcello Spinelli, o objetivo é realizar o primeiro embarque da região a partir de fevereiro de 2009. O projeto consiste na revitalização de um trecho permanente de 159 quilômetros entre as cidades de Pirapora e Corinto, reforma de locomotivas e vagões pela empresa. O executivo, no entanto, não detalhou os investimentos. O trecho ferroviário a ser revitalizado interligará a região ao restante da malha ferroviária da FCA e à Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), o que permitirá o escoamento de toda a produção até o porto de Vitória. A companhia já dispõe de um Terminal de Produtos Diversos (TPD) no porto. "Atualmente não existe carga entre Pirapora e Corinto e o nosso objetivo foi provocar a demanda e estimular o desenvolvimento do plantio de grãos na região", afirmou Spinelli.

Tudo o que sabemos sobre:
AgriculturaMinas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.