Febraban confirma Portugal como novo presidente

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) confirmou ontem que o economista Murilo Portugal assumirá o comando da entidade a partir de março. A informação foi antecipada pelo "Estado" semana passada. Ex-número 2 de Antonio Palocci na Fazenda, Portugal ocupava o terceiro cargo mais importante na hierarquia do Fundo Monetário Internacional (FMI), onde fica até fevereiro.

Leandro Modé, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2011 | 00h00

Portugal será o primeiro presidente "executivo" da Febraban. Antes, a entidade era comandada em um sistema de rodízio, no qual se revezavam os principais banqueiros do País.

"Portugal vai continuar o processo de profissionalização da Febraban, que, na realidade, só não incluía a presidência", disse o atual presidente, Fábio Barbosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.