Fecomercio defende agenda positiva para garantir funcionamento da economia

O presidente da Fecomercio-SP, Abram Szajman, defendeu hoje uma agenda positiva que garanta o bom funcionamento da economia, neste momento em que o País passa por "uma das mais graves crises da história republicana". "Garantir a governabilidade deixou de ser uma tarefa do governo e passou a ser de todos", disse, ao receber o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, para reunião-almoço na entidade.Nesta agenda, além da meta de manutenção do crescimento sustentável, Szajman pediu uma revisão das "astronômicas" taxa de juros brasileira e a desoneração da carga tributária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.