Fecomércio-RJ: custo da cesta básica sobe pela 9ª vez

O custo da cesta básica de compras na cidade do Rio de Janeiro subiu pela nona vez consecutiva, com alta de 0,82% na terceira semana de abril (entre os dias 16 e 23 do mês). A informação foi anunciada hoje pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ). De acordo com a entidade, com o reajuste, o custo da cesta de compras no Rio de Janeiro subiu de R$ 360,72 para R$ 363,68. Na segunda semana do mês, a alta no custo da cesta havia sido de 1,07%.Ao analisar a movimentação de preços entre os produtos pesquisados, a entidade informou que o tomate foi o item que ficou mais caro no período (9,64%), seguida por aumentos de preços da carne seca (5,45%), da cenoura (5,32%) e da cebola (4,45%). Em contrapartida, houve quedas de preço do ovo (-5,74%), da maçã (-4,67%) e da banana prata (-3,70%).Em relação às variações de preço entre as faixas de renda, a Fecomércio-RJ apurou que as famílias que recebem até oito salários mínimos (ou até R$ 3.320,00) sofreram um aumento de 0,83% no custo da cesta, no período. Para as que têm rendimento acima dessa faixa, o aumento no custo foi de 0,81%.No período mensal (entre 25 de março a 23 de abril), o valor do custo da cesta de compras no Rio subiu 2,98%. No acumulado do ano até a terceira semana deste mês, o custo da cesta registrou alta de 8,19%. Já no acumulado dos últimos 12 meses até o dia 23 de abril, o aumentou é de 17,87%.A pesquisa da cesta básica de compras abrange variações de preços em 39 itens, consumidos por famílias de dez diferentes faixas de renda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.