Fecomercio-SP: PAC continua a ser uma maquete

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) continua a ser muito mais uma maquete de uma obra grandiosa do que uma ponte concreta para o crescimento sustentado do País. É o que avalia a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), com base no balanço do programa divulgado hoje pelo governo. Entretanto, a Federação se mantém otimista e espera que o volume de recursos empenhados em 2008 compense a falta de investimentos em 2007.Na avaliação da entidade, em grande parte, o PAC é composto por uma coleção de peças orçamentárias de empresas estatais e de ministérios que já estavam previstas. A federação afirmou que o montante de recursos destinado ao programa é "bastante tímido" quando comparado à magnitude dos esforços que o Brasil demanda em infra-estrutura básica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.