coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Fecomercio-SP: preços do varejo caem 0,2% em janeiro

O excesso de oferta de veículos nas concessionárias e as liquidações dos setores de vestuário e eletroeletrônicos levaram os preços no varejo paulistano a uma queda de 0,2% em janeiro em relação a dezembro, mostrou o Índice de Preços no Varejo (IPV), informado hoje pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP). O segmento de Veículos apresentou no período queda de 3,46%; Vestuário, Tecidos e Calçados recuou 0,71%; e Eletroeletrônicos caiu 0,74%.A economista da entidade Julia Silveira Ximenes avalia que, apesar de o índice ter registrado a segunda queda consecutiva (em dezembro o IPV apontou deflação de 0,04% ante novembro), não é possível afirmar que haja uma tendência de redução para os próximos meses. "Houve um realinhamento dos preços", explica.VeículosO segmento de veículos apresentou em janeiro a quarta queda consecutiva. Segundo a economista, a retração das vendas no fim do ano passado, por conta dos desdobramentos da crise, e o encurtamento de prazos para financiamento criaram um excedente de oferta e grande parte das montadoras concedeu férias coletivas com o objetivo de reduzir estoques. Além disso, a redução de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduziu os preços dos veículos.Na contramão dessas quedas, registraram alta nos preços os setores de Supermercados (0,40%); Feiras (2,12%); Drogarias e Perfumarias (0,79%); Móveis e Decorações (0,63%); e Eletrodomésticos (1,03%).

ANA LUÍSA WESTPHALEN, Agencia Estado

16 de fevereiro de 2009 | 16h54

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPV

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.