Fecomercio-SP: preços do varejo sobem 4,75% em 2008

O consumidor paulistano viu os preços praticados pelo comércio varejista subirem 4,75% ao longo de 2008. De acordo com o Índice de Preços no Varejo (IPV), divulgado hoje pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), a alta foi superior ao índice registrado em 2007, quando os preços encerraram o ano com elevação de 4,22%.O grupo de Supermercados foi o que mais contribuiu para a elevação do IPV de 2008, acumulando nos 12 meses do ano passado alta de 6,78%. De acordo com a entidade, as pressões mais significativas sofridas pelo setor foram motivadas pela suspensão da exportação de trigo por parte da Argentina e pelas instabilidades climáticas que prejudicaram algumas safras. As variações mais expressivas foram em legumes (26%), carnes bovinas (14,17%), derivados da carne (13,51%), os panificados (12,19) e massas e farinhas (10,26%). Na comparação entre dezembro e novembro, no entanto, o grupo registrou queda de 0,26%.Também contribuíram com a alta verificada em 2008 o desempenho dos segmentos de Vestuário, Tecidos e Calçados (3,96%), Material de Construção (21,7%), Padarias (11,96%) e Açougues (16,46%). Já Veículos (-0,22%), Eletrônicos e outros (-10,61%) e CDs (-0,10%), colaboraram para que o índice se mantivesse em patamares menores.

ANA LUÍSA WESTPHALEN, Agencia Estado

12 de janeiro de 2009 | 16h40

Tudo o que sabemos sobre:
varejoFecomercio-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.