finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fecomércio vê alta na confiança do consumidor de SP

Em relação a julho, o ICC subiu 0,2%, atingindo 130,7 pontos na região metropolitana

Milton F. da Rocha Filho, Agencia Estado

16 de agosto de 2007 | 11h07

A confiança do consumidor paulista teve ligeira alta em agosto, revelou nesta quinta-feira, 16, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio-SP). Em relação a julho, o ICC subiu 0,2%, atingindo 130,7 pontos na região metropolitana de São Paulo.Na avaliação por sexo, entre os homens o Índice de Confiança do Consumidor subiu 1,7% (135,6 pontos). Já entre as mulheres houve redução de 1,1% (126,2 pontos).   Em relação à idade, os consumidores com menos de 35 anos, estão mais otimistas, alta de 1,4% (134,2 pontos). Em compensação, entre aqueles com 35 anos ou mais, houve queda de 1,8% (124,9 pontos).Na divisão por renda, os consumidores com ganhos inferiores a 10 salários mínimos tiveram leve alta de 0,2% no ICC em agosto, alcançando a 124,8 pontos. Entre os que ganham acima de 10 salários mínimos, houve alta de 0,1% (142 pontos).

Tudo o que sabemos sobre:
ICCFecomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.