Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

FecomercioSP: capital paulista faturou R$ 13 bi em julho

O comércio varejista da capital paulista registrou em julho, em relação a junho, expansão de 4,7% do faturamento real, que chegou a R$ 13,086 bilhões, segundo a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV) de julho realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) em parceria com Secretaria da Fazenda do Estado e que divulgada pelo Broadcast com exclusividade.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

17 de outubro de 2013 | 11h22

Em relação a julho do ano passado, a PCCV registrou um crescimento de 6,6% no faturamento real do comércio varejista da cidade de São Paulo. No ano, a expansão foi de 1,7%. De acordo com os técnicos da FecomercioSP, as causas do bom desempenho das vendas na capital paulista, onde o volume responde por 30% do total do Estado, são as mesmas que explicaram o desempenho do comércio no âmbito estadual: forte crescimento das vendas de eletrodomésticos e eletrônicos e a acomodação da inflação.

"Ao mesmo tempo, os prognósticos de crescimento na capital vão depender da habilidade das autoridades de recuperar a confiança dos consumidores paulistanos. Espera-se que as vendas do varejo paulistano, e também do Estado, cresçam entre 2% e 3% no acumulado do ano", afirmam os economistas da FecomercioSP.

Por setores de atividade, o que mais contribuiu para o crescimento do faturamento real do comércio paulistano em julho foi o de eletrodomésticos e eletrônicos, com altas de 8% em relação a junho, de 48,3% sobre igual mês em 2012 e de 13% no acumulado de janeiro a julho. A segunda atividade foi o de concessionárias de veículos, com expansão de 7,4% em relação a junho, de 19,6% sobre julho de 2012 e acréscimo de 8,8% no acumulado do ano.

Excetuando a capital paulista, a região do Estado que melhor resultado apresentou em julho foi a de Guarulhos. De acordo com a PCCV, o município gerou R$ 2,566 bilhões, cifra 9,1% maior em relação a junho e 32,7% acima de julho de 2012. De janeiro a julho, o faturamento do comércio da região de Guarulhos cresceu 14,6%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.