FecomercioSP elogia medidas do governo sobre microcrédito

A Federação do Comércio do Estado de São Paulo (FecomercioSP) informa, em comunicado, que apoia as medidas para fortalecer as cooperativas de crédito e ampliar o microcrédito no Brasil, anunciadas hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A entidade reforça que "há muito tempo defende que o governo utilize os bancos públicos para acirrar a concorrência no setor". A entidade diz acreditar que as medidas farão os bancos privados tomar iniciativas semelhantes para ampliar e baratear o crédito. Segundo a FecomercioSP, é possível que, no médio prazo, os spreads bancários se reduzam por meio da competição no setor privado. Dentro do conjunto de medidas anunciadas, o modelo de atuação das cooperativas de crédito abre espaço para que entidades empresariais montem cooperativas para atender os micro e pequenos empresários do seu setor. No entanto, a federação diz que para o comércio varejista o impacto das medidas anunciadas hoje no curto prazo será pequeno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.