finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fed autoriza American Express a virar banco

A American Express (AmEx) ganhou rápida aprovação para tornar-se uma holding bancária, o que dá à gigante dos cartões de crédito acesso mais fácil a uma fatia dos US$ 700 bilhões que o governo dos EUA está injetando nos bancos. A medida mostra a rapidez com que as empresas do setor financeiro, que dependiam dos mercados de capitais, buscam reforços para suas fontes de financiamento.As duas unidades bancárias da AmEx já têm acesso à janela de redesconto do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA). No mês passado, a companhia disse que tinha liquidez suficiente para pelo menos um ano, mesmo se os mercados de crédito fossem fechados."Dada a continuada volatilidade nos mercados financeiros, queremos estar mais bem posicionados para tirar vantagem dos vários programas que o governo federal introduziu ou pode introduzir para apoiar as instituições financeiras dos EUA", disse, em comunicado, o presidente e diretor-executivo da AmEx, Kenneth I. Chenault. Segundo a AmEx, a medida a coloca em pé de igualdade com os concorrentes. Em circunstâncias normais, uma empresa como a AmEx levaria meses para conseguir a aprovação da mudança.

Dow Jones Newswires, Nova York, O Estadao de S.Paulo

12 de novembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.