Fed deve estender QE3 no fim do ano, quando Twist vencer--Evans

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, provavelmente precisará manter seu atual ritmo mensal de 85 bilhões de dólares em compras de títulos de longo prazo além do final do ano, quando vence um programa que responde por cerca de metade do total, afirmou nesta terça-feira o presidente do Fed de Chicago, Charles Evans.

Reuters

18 de setembro de 2012 | 12h19

Na semana passada o Fed disse que fará compras mensais de 40 bilhões de dólares em títulos hipotecários para impulsionar a economia, além dos atuais 45 bilhões de dólares que compra mensalmente em Treasuries de longo prazo mesmo que venda um volume igual de Treasuries de curto prazo. Esse programa, conhecido como Operação Twist, expira no final de 2012.

O Fed disse que continuará com sua nova rodada de compras de títulos, conhecido como QE3 por ser a terceira rodada do chamado "quantitative easing", até que o mercado de trabalho melhore substancialmente.

"Eu ficaria surpreso se víssemos evidências suficientes disso até o final deste ano", disse Evans a repórteres após um discurso. "Sob essas condições, eu esperaria que continuemos com algo como compras em uma base de 85 bilhões de dólares."

Se o mercado de trabalho melhorar como ele espera, as compras de ativos podem começar a diminuir em 2014, antes que a taxa de desemprego --agora em 8,1 por cento --caía para o que ele estima ser um nível pouco acima de 7 por cento até o final daquele ano, disse ele.

As taxas permanecerão baixas até meados de 2015, como o Fed vê atualmente, completou Evans, que não é membro votante do painel de determinação de política do Fed.

(Reportagem de Ann Saphir)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEVANSQE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.