Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Fed faz novo alerta sobre fragilidade da economia dos EUA

Bernanke diz que crise dos mercados imobiliário e de crédito pode se agravar.

Da BBC Brasil, BBC

27 de fevereiro de 2008 | 15h55

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, afirmou nesta quarta-feira que a economia americana pode ficar ainda mais frágil nos próximos meses. Na apresentação do relatório semi-anual sobre a economia do país ao Congresso americano, Bernanke afirmou que a situação econômica dos EUA se tornou "especialmente pouco favorável" e poderá ficar pior. O presidente do Fed afirmou ainda que o banco "continuará agindo na hora certa conforme o necessário para apoiar o crescimento". Segundo alguns analistas econômicos, a afirmação de Bernanke poderia indicar um novo corte de juros, que poderá ser anunciado na próxima reunião do Fed, em 18 de março. A taxa básica de juros dos Estados Unidos foi reduzida de 5,25 para 3% depois dos cortes de janeiro. CrisesDurante o discurso, Bernanke afirmou ainda que os riscos de crescimento econômico continuam presentes e que as crises do mercado imobiliário e de trabalho podem se "deteriorar ainda mais do que as estimativas". Bernanke alertou ainda para os riscos de alta na inflação do país."O essencial é que Bernanke está falando sobre oferecer garantias contra os riscos", afirmou o analista financeiro Firas Askari. "Este é um Fed que está equilibrado para reagir aos riscos contra o crescimento e acredito que eles estejam fazendo a coisa certa em se concentrar no crescimento mais do que na inflação", disse Askari.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.