Fed mantém juro perto de zero e compra de títulos

WASHINGTON

, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2011 | 00h00

Em sua primeira reunião do ano, o comitê de mercado aberto (Fomc, na sigla na inglês) do banco central americano, o Federal Reserve, manteve o juro de curto prazo perto de zero e o programa de compra de títulos do Tesouro dos Estados Unidos, apesar dos sinais de que a recuperação econômica está ganhando força no país.

No comunicado divulgado ao término do encontro de dois dias, o Fomc reiterou que o plano de comprar US$ 600 bilhões em títulos do Tesouro até junho será submetido a revisões regulares e pode ser ajustado, dependendo do desempenho da economia. A decisão ficou dentro do esperado pelos analistas de mercado.

A votação pela manutenção da taxa dos Fed Funds na faixa de zero a 0,25% foi por 11 a zero. Pela primeira vez em muitas reuniões, não houve nenhum dissidente.

O presidente do Fed de Kansas City, Thomas H. Hoenig, que deu voto contrário à decisão semelhante nas reuniões anteriores deixou de ser membro votante do Fomc este ano. Segundo o comunicado do Fed, os juros dos Fed Funds permanecerão excepcionalmente baixos por um período prolongado.

O Fed afirma que a recuperação econômica continua, mas é muito lenta para melhorar significativamente o mercado de trabalho. Os empregadores, segundo o banco central, continuam relutantes em contratar.

O setor de moradia segue deprimido e as expectativas de inflação de longo prazo estão estáveis, acrescenta o comunicado. / DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.