Fed mantém sinais de ?ritmo comedido? na alta dos juros

O Comitê Federal de Mercado Aberto do banco central norte-americano (Federal Reserve) divulgou hoje a ata referente à reunião ocorrida no último dia 03. No documento, o Fomc não alterou a essência de seu discurso apresentado nos documentos anteriores, que destaca principalmente a perspectiva para a trajetória da inflação nos Estados Unidos.Nesse sentido, o comitê afirmou que, apesar dos preços de energia estarem pressionando para cima os índices de preços, a tendência é de que haja um recuo dessa pressão ao longo do tempo; tese reforçada pela queda do preço do barril do petróleo nos últimos dias.Em relação ao setor imobiliário, área que preocupa a autoridade monetária norte-americana devido ao grande volume de investimentos feito no setor, o colegiado disse que a possibilidade de um efeito especulativo existir ainda é grande, o que justifica a atual ação da política monetária restritiva.ExpectativasDe acordo com a consultoria GRC Visão, o discurso foi favorável, em linha com o esperado. ?Uma tônica diferente da proferida causaria incremento desnecessário de volatilidade no mercado. Dessa forma, mantemos a perspectiva de elevação gradual da taxa de juros básica norte-americana em 0,25 ponto percentual a cada nova reunião, encerrando 2005 em 4,25% ao ano?, destaca nota da instituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.