Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Fed pode prometer juro e inflação baixos, diz vice

O vice-chairman do Federal Reserve, Donald Kohn, disse neste sábado que não há inconsistência entre a promessa do Fed de manter a taxa de juro baixa por um longo período ao mesmo tempo que mantém a inflação contida.

MARK FELSENTHAL, REUTERS

22 de agosto de 2009 | 16h19

"O comprometimento em manter as taxas baixas tem o objetivo de impedir que a inflação de cair e cair persistentemente abaixo de onde a queremos mantê-la durante um bom tempo", disse Kohn ao debater um estudo durante a conferência anual do Fed.

"O objetivo não é aumentar as expectativas de inflação", disse. O estudo do economista Carl Walsh, da Universidade da Califórnia, afirma que a promessa de taxas baixas pode entrar em conflito com os desejos do Fed de evitar um rali indesejável na inflação.

O Fed cortou a taxa básica de juros dos Estados Unidos para quase zero no ano passado, e investiu centenas de bilhões de dólares na economia para estimular a atividade econômica durante a grave retração financeira.

Kohn defendeu ainda as decisões do Fed de comprar títulos de longo prazo como medida emergencial para estimular o crescimento após ter cortado o juro o mais baixo possível. Economistas, incluindo executivos do Fed, questionam a eficácia dessas aquisições em baixar as taxas.

Tudo o que sabemos sobre:
FEDKOHN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.