carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Fed prevê que PIB dos EUA crescerá até 2,7% em 2009

O Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA), ampliou os intervalos das estimativas de crescimento para a economia dos Estados Unidos em 2009 e em 2010. De acordo com as estimativas da autoridade monetária americana divulgada hoje, a previsão de expansão do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas produzidas em um país) passou de um intervalo entre 2,3% e 2,7% em 2009 para um intervalo entre 2,1% e 2,7% no ano que vem. Para 2010, o intervalo da projeção do Fed foi ampliado de 2,5% a 2,6% para 2,5% a 3%. InflaçãoPara o índice de preços dos gastos com consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês), o indicador de inflação preferido pelo Fed, a projeção para 2009 foi mantida em um intervalo entre 1,7% e 2%. Para o núcleo do índice, que exclui as variações de preços de energia e alimentos, a previsão do Fed para o ano que vem passou de um intervalo entre 1,7% e 1,9% para um intervalo entre 1,7% e 2%. Para 2010, a projeção do índice PCE passou de um intervalo entre 1,6% e 1,9% para um intervalo entre 1,7% e 2%. Em relação ao núcleo do índice, a previsão passou de um intervalo entre 1,6% e 1,9% passou para um intervalo entre 1,7% e 1,9%. DesempregoEm relação ao mercado de trabalho, a projeção para a taxa de desemprego nos Estados Unidos em 2009 passou de um intervalo entre 4,8% e 4,9% para um intervalo entre 5% e 5,3%.Para 2010, o Fed trabalha com uma taxa de desemprego entre 4,9% e 5,1%, de uma estimativa anterior de intervalo de 4,7% a 4,9%. Com informações da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

20 de fevereiro de 2008 | 16h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.