finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fed promete manter juro baixo por 'período prolongado'

Banco Central americano cita desemprego elevado e inflação baixa para manter taxa entre 0 e 0,25%

Regina Cardeal, da Agência Estado,

04 de novembro de 2009 | 17h30

O Fed manteve o juro na faixa de zero a 0,25%, nível em que está desde dezembro passado, como era esperado, e melhorou sua avaliação do estado da economia. No comunicado divulgado ao término do encontro de dois dias, o banco central norte-americano afirmou nesta quarta-feira, 4, que planeja manter as taxas de juro em recorde de baixa por um período prolongado diante do desemprego ainda elevado e da inflação baixa.

 

Mas o Fed se mostrou levemente mais otimista em comparação com a avaliação de um mês atrás em relação às perspectivas de recuperação na maior economia do mundo após uma severa recessão. A informação recebida desde a reunião do Fed em setembro sugere que a atividade econômica continua a melhorar, diz o comunicado. O Fed votou por 10 a zero para manter o juro inalterado.

 

Desde que a crise financeira começou em 2007, o Fed cortou o juro do pico de 5,25% para o patamar perto de zero em dezembro de 2008.

 

As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
FedEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.