Fed propõe novas regras para empréstimos imobiliários nos EUA

O Federal Reserve, sob pressão doCongresso norte-americano para organizar e preparar medidas deproteção aos consumidores, propôs nesta terça-feira regras maisrígidas para a concessão de empréstimos para as pessoas comhistórico de crédito fraco. O conselho de diretores do banco central dos Estados Unidosaprovou por cinco votos a zero o estabelecimento de novasregras que serão aplicadas a todos os tomadores de empréstimo,incluindo aqueles que não são sujeitos à regulamentação doFederal Reserve. O público terá 90 dias para comentar as mudanças propostasnas regras fixadas pela Lei de propriedade e proteção deativos. De acordo com a proposta, os concessores de empréstimos nosEstados Unidos terão que determinar a capacidade de pagamentodos que buscam financiamento antes que eles fechem oempréstimo. As novas regras também estabelecem que os tomadores deempréstimo terão que ter detalhes sobre as formas de pagamentopara os corretores e que serão cobrados mensalmente por taxasque atualmente são anuais, como as de propriedade e seguro. "Práticas e atos injustos e enganosos afetaram não somenteos tomadores de empréstimos e suas famílias, mas comunidadesinteiras e até mesmo a economia como um todo", afirmou ochairman do Fed, Ben Bernanke, em comentários preparados antesda reunião do conselho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.