FED reduz juros básicos para 5,0% ao ano

O FED, banco central norte-americano, acaba de divulgar o resultado de sua reunião mensal de março, reduzindo a taxa de juro básica em 0,5 ponto porcentual. A taxa, que estava em 5,5% ao ano, portanto, agora caiu para 5% ao ano. O FED indicou ainda que a tendência de baixa dos juros continua. Nos Estados Unidos, o mercado já esperava uma queda entre 0,5 e 0,75 ponto porcentual, o que significa que as cotações nas bolsas em Nova York já deveriam refletir o movimento nos juros. No máximo, haveria uma revisão das posições daqueles que apostavam numa queda maior. Os mercados norte-americanos estão revertendo as leves altas do dia nesses primeiros minutos após a divulgação. Às 16:38, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - operava em queda de 0,31%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - estava em queda de 0,95%.Desde 3 de janeiro, o FED vem cortando os juros nos Estados Unidos de maneira sistemática. A queda no ano já acumula 1,5 ponto porcentual. O movimento reflete a preocupação com a desaceleração da economia do país. Frente à forte redução nas taxas de crescimento econômico, o governo tem reagido com vigor para evitar uma recessão. Segundo analistas, porém, os cortes demoram entre seis meses e um ano para surtir efeito na economia real, o que leva a previsões de retomada do crescimento no segundo semestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.