Fed reduz previsão de crescimento dos EUA este ano

O Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, previu crescimento maior da economia americana em 2004, mas reduziu sua projeção para a expansão que deve ser registrada neste ano. No relatório semestral distribuído ao Congresso, o Fed informou que espera expansão entre 3,75% a 4,75% do PIB em 2004. Em 2003, o Fed estima crescimento entre 2,5% a 2,75%, abaixo da projeção de fevereiro, de expansão entre 3,25% a 3,50%. "A modesta elevação no PIB real durante o primeiro trimestre implica relevante aceleração no crescimento ao longo do ano", disse o Fed. O relatório diz ainda que as autoridades monetárias esperam que a "atividade econômica se acelere no segundo semestre e receba estímulo adicional em 2004". O relatório semestral do Fed, distribuído ao Congresso nesta manhã durante o depoimento do presidente da instituição Alan Greenspan, diz que o índice de preços de consumo pessoal - utilizado pelo Fed para avaliar a tendência da inflação nos EUA - deve oscilar entre 1% a 1,5% em 2004. Em 2003, o Fed acredita que o índice variará entre 1,25% e 1,50%, mesmo cálculo feito no relatório de fevereiro. "A maior parte das autoridades do Fomc (Comitê de Política Monetária do Fed) prevê inflação menor este ano e manutenção da tendência em 2004", diz o relatório. Nos quatro trimestres de 2002, o Fed observou elevação média anual de 1,75% do índice. BC eleva a projeção sobre desemprego O relatório do Fed diz que, apesar da expectativa de crescimento maior da economia em 2004, a taxa de desemprego não deve registrar queda relevante. De acordo com o Fed, a taxa deve variar em 2004 entre 5,5% a 6%. Atualmente, encontra-se em 6,4%. Para 2003, o Fed elevou sua projeção para a taxa de desemprego em 2003, entre 6% a 6,25%. No relatório de fevereiro, o Fed estimava a taxa entre 5,75% a 6%. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

15 Julho 2003 | 12h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.