finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fed renova promessa de juros perto de zero e reitera preocupação com emprego

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, reafirmou nesta quarta-feira a promessa de manter as taxas de juros perto de zero por um "horizonte relevante" e repetiu preocupações com a ociosidade do mercado de trabalho, mantendo-se firme contra pedidos para revisar seu comunicado de política.

REUTERS

17 de setembro de 2014 | 15h22

Muitos economistas e operadores esperavam que o Fed mudasse a orientação futura que tem fornecido desde março, dada a melhora em geral nos indicadores de desempenho da economia.

Mas o Fed repetiu a garantia de que os juros continuarão ultrabaixos por um "horizonte relevante" após o fim do programa de compra de títulos. Em comunicado publicado após reunião de dois dias, o banco central anunciou outra redução de 10 bilhões de dólares de suas compras mensais de ativos, deixando o programa em vias de acabar no mês que vem.

(Reportagem de Michael Flaherty e Howard Schneider)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAFED*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.