Fed teria tentado obter vantagens do BofA

Documentos mostram negociações para o banco absorver o Merrill Lynch

, O Estadao de S.Paulo

25 de junho de 2009 | 00h00

Uma equipe do Federal Reserve (Fed) discutiu obter da administração do Bank of America (BofA) algo em troca do socorro federal para ajudar o banco a fechar o acordo de compra do Merrill Lynch, como mostram documentos internos obtidos pela agência Dow Jones, que destacam as tensas deliberações sobre o resgate de US$ 20 bilhões que foi posteriormente fornecido ao BofA.Os documentos, descobertos por investigadores do Congresso dos EUA, mostram que autoridades do Fed enfrentaram críticas tanto dentro quanto fora do banco central. A presidente da Corporação Federal de Seguro de Depósito (FDIC, na sigla em inglês), Sheila Bair, por exemplo, em um e-mail enviado ao presidente do Fed, Ben Bernanke, apenas dois dias antes de a ajuda do governo ser anunciada, dizia que "há forte desconforto com esse acordo na FDIC"."Meu conselho não quer fazer isso", escreveu a presidente da FDIC no e-mail de 14 de janeiro, em que discutia o papel que a FDIC teria no caso de possíveis perdas no BofA. Dois dias depois, a FDIC anunciou que iria conceder aproximadamente US$ 118 bilhões em proteção contra perdas do BofA.Os documentos também mostram que altos executivos do Fed estavam em contato com o agora secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, durante o auge das negociações com o BofA, em dezembro. De acordo com os documentos, membros do Fed foram bastante críticos à administração do BofA quando discutiram os termos da ajuda do governo. Malcolm Alfriend, vice-presidente sênior do Fed de Richmond, falou em um e-mail de 20 de dezembro sobre "pensamentos preliminares sobre a obtenção de algo em troca de Lewis", em referência ao executivo-chefe do BofA, Kenneth Lewis.E-mails subsequentes mostram que autoridades do Fed queriam que o banco pagasse um preço por uma ajuda do governo. Deborah Bailey, vice-diretora da divisão de supervisão e regulação bancária do Fed, escreveu a Alfriend que o BofA havia pagado um prêmio pelo Merrill Lynch quando adquiriu o banco de investimento. "Como você paga um prêmio e agora pede ajuda? Isso não vai acabar bem mesmo", disse Bailey.Os documentos foram obtidos pelo Fed como parte de uma investigação do Comitê da Câmara sobre Supervisão e Reforma do Governo. Bernanke deverá se apresentar ao comitê amanhã para testemunhar sobre as negociações do BofA com o Fed, apenas duas semanas após Lewis depor no comitê. DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.