Fed vai cobrar tarifas por medidas pós-crise

O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2013 | 02h16

O Federal Reserve informou que vai receber cerca de US$ 440 milhões de 70 grande instituições financeiras e empresas para cobrir os custos de medidas adicionais de supervisão adotadas após a crise de 2008. Em comunicado divulgado ontem pelo presidente Ben Bernanke, o Fed diz que concluiu uma norma proposta em abril para cobrança de tarifas de supervisão dos maiores bancos que atuam no país, assim como de empresas não bancárias, como a seguradora AIG e a GE Capital, subsidiária da General Electric.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.