Fed vai testar compromissada reversa de prazo mais longo em dezembro

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, disse nesta quarta-feira que vai começar a testar o instrumento de compromissadas reversas com prazo mais longo em dezembro para observar como isso pode ser uma ferramenta para ajudar a controlar as taxas de juros.

REUTERS

29 de outubro de 2014 | 18h02

Investidores, incluindo fundos mútuos, têm mostrado preocupação com a oferta baixa de títulos do Tesouro e outras notas de curtíssimo prazo no fim do ano, quando há tipicamente um forte demanda por investimentos quase livre de riscos, disseram analistas.

O Fed disse em comunicado na página na internet do Fed de Nova York que começará a oferecer o instrumento de recompra reversa em várias ocasiões em dezembro para ver como elas podem ser uma ferramenta "quando há mudanças significativas e transitórias na atividade do mercado monetário".

O vencimento das operações de compromissadas será em 2 de janeiro de 2015 ou aproximadamente nesta data, com um limite de 300 bilhões de dólares em cada operação, disse o Fed.

A autoridade monetária disse que vai divulgar mais informações no início de dezembro.

(Por Richard Leong)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFEDRECOMRPAREVERSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.