Federal Reserve destaca boa economia dos EUA antes do Katrina

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) publicou hoje um estudo que destaca a boa economia dos Estados Unidos antes que o furacão Katrina devastasse a região do Golfo do México. O estudo, elaborado antes do furacão que passou por quatro estados do sul dos EUA no fim de agosto, indica que o emprego, assim como o consumo, estava crescendo, e também havia crescimento econômico.Os dados do estudo contrastam com outros relatórios publicados hoje que alertam para o grave impacto do Katrina no crescimento econômico e na taxa de emprego do país, entre outros. De acordo com o Escritório Orçamentário do Congresso, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA pode diminuir em até um ponto percentual, por causa do furacão, que também pode ter provocado a perda de 400 mil postos de trabalho.Ainda é preciso acrescentar o impacto da catástrofe nos preços da energia, que já começa a refletir na demanda dos consumidores. O impacto do furacão no já elevado déficit orçamentário não foi avaliado por enquanto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.