Fed/Tarullo vê mais riscos negativos na economia global

O diretor do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Daniel Tarullo, expressou sua preocupação neste sábado com o crescimento econômico global. Ele disse ver "mais riscos negativos do que positivos" nas maiores economias do mundo.

DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2014 | 15h35

Tarullo, que vota nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) neste ano, afirmou que a economia norte-americana "parece ter algum ímpeto para o que ainda é um crescimento moderado". De acordo com ele, no entanto, o Fed precisa também considerar o desempenho de outras economias para tomar decisões.

Em depoimento na reunião anual do Instituto Internacional de Finanças (IIF), o diretor do Fed também disse estar preocupado com a produtividade dos EUA. Ele apontou para a falta de investimentos em maquinário e infraestrutura, além da necessidade de que os trabalhadores "tenham um certo conjunto de habilidades e educação".

"O foco na produtividade tem que acompanhar o foco na demanda agregada e essas duas coisas precisam ser perseguidas em conjunto", ele disse. "Isso não é uma reviravolta que vai ocorrer rapidamente."

Tarullo afirmou que participantes do mercado procurando pistas sobre quando o Fed vai elevar suas taxas de juros devem prestar atenção aos comentários públicos da presidente do banco central, Janet Yellen. "É importante manter em mente que [a decisão de política monetária] é algo baseado em nossas expectativas do que deve ocorrer", disse ele.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFedTarulloeconomia mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.