Feira de imóveis abre hoje em SP com 200 mil opções

O 5.º Salão Imobiliário São Paulo (Sisp) começa hoje, a partir das 12 horas, com a promessa de expandir em 67% o volume de crédito contratado em relação à edição passada. Se a previsão se confirmar, o total de financiamentos aumentará de R$ 600 milhões para R$ 1 bilhão. Serão oferecidos cerca de 200 mil imóveis, o dobro de 2009, com preços entre R$ 150 mil e R$ 30 milhões. O público estimado é de 50 mil visitantes.

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2010 | 11h23

Ao contrário da última edição, as ofertas não serão direcionadas à baixa renda, mas sim ao público que têm pelo menos R$ 300 mil para investir. De acordo com pesquisa da Reed Exhibitions Alcantara Machado, promotora do evento, essa é a faixa de preço procurada por 62% dos clientes. Desta vez os imóveis classificados no programa "Minha Casa, Minha Vida", com preço de até R$ 130 mil, ficarão de fora do salão. "Em São Paulo, é muito difícil encontrar um imóvel enquadrado no programa. Só na periferia", diz Marly Parra, diretora de Feiras da Reed. "Um apartamento de 40 metros quadrados, que custava R$ 120 mil em 2009, hoje vale R$ 160 mil."

A aposta no público de maior poder aquisitivo fica evidente com a oferta de 100 mil unidades no exterior, entre América Latina e Estados Unidos. No Brasil, haverá empreendimentos em todas as regiões, com exceção da Norte. A capital paulista e a Região Metropolitana representam 60% dessas unidades, concentradas no Morumbi e no Ibirapuera (zona sul).

A feira acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na Avenida Olavo de Fontoura, 1.209, em Santana, na zona norte de São Paulo. Hoje e amanhã, o evento ficará aberto das 12 às 21 horas. No sábado e no domingo, o horário vai das 10 às 21 horas. A entrada é franca para quem se cadastrar no site www.sisp.com.br. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
imóveisfeiraSPMinha Casa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.