Feira incentiva exportações de flores

O consumo per capita de flores no Brasil é baixo, de US$ 5 por ano, se comparado à Argentina, com US$ 25, e aos países da Europa, onde se gasta mais de US$ 80 com arranjos e vasos. O mercado de flores e plantas ornamentais movimenta US$ 25 bilhões por ano no mundo. As informações são do diretor da Feira Internacional da Floricultura, Paisagismo e Jardinagem (Fiaflora), Teodoro Henrique da Silva. A 5ª edição da feira começa hoje no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.Durante a feira será realizado o 5º Fórum de Exportadores de Flores e Plantas Ornamentais, para incentivar as vendas para o mercado externo. A presença de importadores, vindos de países como Canadá, Espanha, Estados Unidos, França e Holanda, é uma iniciativa do Programa Brasileiro de Exportação de Flores e Plantas Ornamentais (FloraBrasilis), convênio entre o Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor) e a Agência de Promoção de Exportações (Apex).Segundo dados do Ibraflor, no primeiro semestre de 2002 as exportações de flores e plantas ornamentais brasileiras alcançaram a cifra de US$ 7,8 milhões, 22,5% a mais do que no mesmo período de 2001. Espera-se que até o fim do ano, o Brasil alcance o valor de US$ 16,2 milhões. O FloraBrasilis pretende elevar as exportações para US$ 80 milhões até o fim de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.